Medicina Fetal - MI Diagnósticos
Blog

Medicina Fetal

Medicina Fetal

A medicina fetal, também conhecida como perinatologia é uma especialidade da ginecologia e obstetrícia que tem o cuidado diretamente as grávidas e ao feto da geração até o nascimento.

O termo Materno-Fetal passou a ser importante por se tratar não somente do feto, mas também sobre a genética e complicações que envolvem a mãe e o bebê, geralmente de mulheres que tem a gravidez complicada ou de risco.

Mas você sabe qual é o papel do médico fetal? Confira abaixo algumas de suas funções mais importantes:

– Assistência pré-natal de casos com alto risco;

– Auxílio com problemas de saúde existentes na mãe, como por exemplo, diabetes e pressão alta;

– Cuidado para grávidas com complicações durante a gravidez ou no parto;

– Verificação do crescimento e desenvolvimento dos bebês através de testes ou procedimentos, como o ultrassom;

– Verificação de defeitos congênitos e distúrbios genéticos com testes, amostragem de cordão umbilical ou amostragem de vilosidades coriônicas (CVS);

– Diagnostica problemas cardíacos e distúrbios sanguíneos em bebês em desenvolvimento, incluindo realização de cirurgias se necessário;

– Monitoria do trabalho de parto e nascimento do bebê;

– Monitoramento de problemas de saúde da mãe pós-gravidez, como sangramento excessivo, infecções e entre outros;

O acompanhamento através de exames tornou-se importante não só em gestações de alto risco, mas também de baixo risco, pois ajudam em patologias maternas ou fetais. Além disso, permitem avaliar a tempo gestacional, número de fetos, peso, quantidade de líquido, localização da placenta, bem-estar fetal e detecção de possíveis más formações e síndromes fetais.

O que avaliar quando procurar um especialista em Materno Fetal?

  1. Escolha um médico especializado em sua condição de saúde.

Tenha em mente a sua condição médica específica.

  • Escolha um médico que tenha um histórico com pacientes com a sua condição de saúde.

Quando um departamento de Medicina Fetal se organiza por especialização, cada médico vê um grande volume de pacientes com a condição em que se especializam.

  • Escolha um médico que opere dentro de uma rede de especialistas.

     Um médico fetal com esta rede de especialistas pode encaminhar pacientes para especialistas em medicina interna que podem ajudar a avaliar, tratar e monitorar pacientes com condições pré-existentes ou complicações que englobam a gravidez.

A especialização é recente e vem proporcionando mais tranquilidade às mamães e mais suporte ao pré-natalista no acompanhamento da gestação. A realização de exames específicos ajuda a diminuir a ansiedade dos casais quanto ao desenvolvimento do feto, tranquilizando-os nos momentos de normalidade ou quando existir alguma alteração.